top of page

4º Conferência Nacional de Economia Solidária será em abril de 2025


4ª Conferência Nacional de Economia Popular e Solidária será realizada entre os dias 10 a 13 de abril de 2025, em Brasília, e do qual devem participar mais de 1.500 pessoas. O comunicado foi feito pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), durante uma live pública no YouTube, no dia 26, que também orientou sobre o regulamento do evento.

O anúncio foi feito pelo secretário Nacional de Economia Popular e Solidária, Gilberto Carvalho, que destacou a importância do evento, que aconteceu pela última vez em 2014. Ele salientou que as metas definidas na 4ª Conferência conduzirão as políticas públicas na área para os próximos anos no país. A Conferência terá como tema:  “Políticas Públicas de Economia Popular e Solidária: construindo territórios democráticos por meio do trabalho associativo e da cooperação”.


Antes do evento nacional, ao longo deste ano, serão realizadas plenárias municipais e estaduais para debater amplamente a realidade dos empreendimentos em seus territórios. Também poderão ser realizadas plenárias específicas, com temas que abordem a juventude, mulheres, questões raciais, diversidade e meio ambiente. “É importante que esses encontros aconteçam no maior número de municípios possíveis, Brasil afora. E que esse processo democrático, de diálogo, seja capaz de colher a riqueza da vida real desses trabalhadores e trabalhadoras e de seus coletivos de trabalho”, disse Carvalho.  



Nas plenárias estaduais serão eleitos os 1.464 delegados, que trarão as demandas das suas regiões para a Conferência Nacional. Esse grupo de delegados terá que ser composto na seguinte proporção:  50% empreendimentos, 25% gestores públicos e 25% entidades de apoio e fomento, sendo que todos esses segmentos devem ter ligação direta com a economia solidária. Desse grupo, metade tem que ser de mulheres, 20% de jovens, além de representantes de povos e populações tradicionais. Participam também da Conferência os membros do Conselho Nacional de Economia Solidária e mais 100 convidados de entidades públicas e internacionais.


2 visualizações0 comentário

ความคิดเห็น


bottom of page