top of page

Reescrevendo a História

Reescrevendo a História: Inclusão Social e Economia Solidária como Estratégias de Prevenção e Violência e a Geração de Trabalho e Renda.



A construção desse projeto visa implantar 03 empreendimentos econômicos solidários nos 03 bairros contemplados pelo PRONASCI no município de Ananindeua, Estado do Pará. Serão implantadas 03 cooperativas que terão em seu quadro administrativo, a participação dos egressos do sistema penal e seus familiares, em condições de exercer um processo de gestão, pautado no conceito da economia solidária, onde todos os agentes locais terão uma relação de parceria e uma integração, alusiva a realidade exercida no comércio local, que irá possibilitar o funcionamento regular desses empreendimentos.


Com essa engrenagem em funcionamento e com o comprometimento das parcerias, a ressocialização dos egressos do sistema penal deixa de ser algo utópico e passa a fazer parte do cotidiano, onde os mesmos serão inseridos nas ações, agregando um conhecimento novo e diversificado, advindo de qualificação profissional intensiva e estratégica e com metodologia inovadora a fim de preencher as várias necessidades humanas do ponto de vista, da cidadania, da cultura, das práticas esportivas, da proteção e conservação do meio ambiente, da relação com o mercado e etc, que certamente dará ao mesmo uma sensação de responsabilidade por si próprio e por todos os envolvidos no projeto.


O Projeto “Reescrevendo a História: Inclusão Social e Economia Solidária como Estratégias de Prevenção à Violência e a Geração de Trabalho e Renda”, pretende atuar no nível sociocultural, da macro política, dando visibilidade ao problema do egresso como parte dos fatores de risco da vulnerabilidade social, destacando a precariedade do acolhimento real e da fragilidade da rede existente de responsabilidade social para efetiva redução da violência e minimização da criminalidade. Como, também, deve atuar no nível das fragilidades pessoais de cada caso, buscando meios para desenvolver suas potencialidades, possibilitando acesso aos direitos, possibilitando a formação profissionalizante e de cidadania, ampliando os meios de empregabilidade e renda através da implementação de empreendimentos solidários na prestação de serviços, além de disponibilizar atendimento psicossocial.


Metodologia:


A metodologia de trabalho a ser utilizada para a execução das ações basear-se-ão nos princípios do sócio-construtivismo de Vygotsky, que considera o desenvolvimento do indivíduo como resultado de um processo sócio-histórico e também na educação popular, baseada nos ensinamentos de Paulo Freire, com a pedagogia crítico-educativa, tendo como eixo o homem enquanto sujeito inacabado, contextualizando-o em seus aspectos históricos, políticos, econômicos e sociais. As ações a serem realizadas foram pensadas de forma a contemplar as dimensões econômicas e sociais pertinentes às diretrizes do Programa Nacional de Segurança com Cidadania – PRONASCI, utilizando-se de atividades de formação cidadã, esporte, cultura e lazer, formação empreendedora e qualificação profissional, como estratégias de prevenção à violência, inclusão social e de disseminação de práticas de economia solidária. Tais atividades foram sugeridas a partir da necessidade de reintegrar os egressos do sistema prisional à sociedade e ao mundo do trabalho, servido como ações estruturantes para a implementação de 03 empreendimentos coletivos e solidários nas comunidades do Distrito Industrial, Icuí-Guajará e PAAR.



INFORMATIVOS

Ano I, N° 01, novembro 2010

4788_info_pronasci_1
.pdf
Download PDF • 1.59MB

Ano I, N° 02, agosto 2011

InfoPRONASCI_II_2
.pdf
Download PDF • 3.65MB

RELATÓRIOS DE EXECUÇÃO DO CONVÊNIO Nº 724685/2009

1° - Junho - 01/04/2010 a 30/06/2010

1_REL_PRONASCI
.pdf
Download PDF • 373KB

1° - Setembro - 01/07/2010 a 30/09/2010

2_REL_PRONASCI
.pdf
Download PDF • 186KB

3° - Dezembro - 01/10/2010 a 30/12/2010

3_REL_PRONASCI
.pdf
Download PDF • 173KB

4° - Março - 01/01/2011 a 30/03/2011

4_REL_PRONASCI
.pdf
Download PDF • 205KB

Resumo do Projeto

Ações

Município

Bairros

Nº de participantes

Período

Resultados

Implantação de três empreendimentos econômicos solidários visando

ressocialização e a geração de ocupação, emprego e renda de egressos do sistema

penal e seus familiares.

Ananindeua

- PA

Distrito

Industrial,

Icuí -

Guajará e

PAAR.

180

pessoas

entre

egressos

do sistema

penal e

seus

familiares,

cidadãos e

cidadãs

cumprindo

pena em

regime

aberto,

semi-aberto

ou de

livramento

condicional

em

condições

mais

carentes e

de grande

vulnerabili-

dade)

Março de

2010 a

setembro

de 2011

-360 atividades de esporte, cultura e lazer com a participação de um número indefinido de participantes; -09 cursos de qualificação social em Formação Cidadã, com 180 participantes certificados; -09 cursosde qualificação empreendedora e em gestão de empreendimentos sol idár ios, com 180 participantes certificados; -03 planos de negócio elaborados e publicação de 150 exemplares, sendo 50 de cada bairro; -03 grupos, com no mínimo 12 integrantes cada, organizados para a constituição das cooperativas; -03 oficinasde organização de cooperat iva, com 20 horas/aulas cada, para os integrantesdas cooperativas; -Legalização de 03 cooperativas e aquisição de materiais de consumo e permanentes para estruturação das mesmas; -Cooperativas implantadas e com capacidadede autogestão; -03 fóruns de integração realizados com a participação de todos os cooperados; -01 seminár io de avaliação do projeto com a participação de 200 pessoas.


13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page